Delcídio é uma exceção

Um parlamentar petista disse à Folha de S. Paulo que a nota de Rui Falcão sobre a prisão de Delcídio Amaral foi “desastrosa”, porque “trouxe para dentro do PT uma agenda perigosíssima e contraditória”.

Ao abandonar Delcídio Amaral, “o PT perde o discurso que adotou até agora: o de que todos, sem exceção, têm o direito de se defender”.

Na verdade, o discurso que o PT adotou até agora foi outro: o de que todos os petistas, sem exceção, têm o direito de roubar.

Faça o primeiro comentário