Delegado “Doutor Michel”, conselheiro do TCDF

O mais novo conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal tomou posse em 2015, durante o desgoverno do petista Agnelo Queiroz.

Trata-se do ex-deputado distrital e delegado “Doutor Michel”, acusado cinco vezes pelo Ministério Público local de tortura durante os anos em que atuou na periferia de Brasília.

De temperamento explosivo, o conselheiro – cujo cargo é vitalício – não se incomodou em reconhecer em sua sabatina na Câmara Legislativa a inexperiência para assumir o cargo no Tribunal de Contas.

“(Reconheço) falta de experiência, mas não de conhecimento. Nós temos conhecimento porque já exercemos várias funções públicas.”