Delegados da PF rebatem crítica de procurador da Lava Jato

O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Edvandir de Paiva, divulgou nota de repúdio as declarações de Carlos Fernando do Santos Lima à Folha de hoje.

O procurador da Lava Jato em Curitiba chamou a PF de “porta dos fundos” para o acerto de colaborações premiadas e disse que o órgão fechou delação com Antonio Palocci apenas para provar que poderia.

“Além de parecer torcer contra o acordo celebrado com (…) Palocci, Carlos Fernando reduz a colaboração premiada a algo como um produto exposto em bancas de feira, em que os comerciantes se digladiam para oferecer o mais vantajoso aos clientes. O crime organizado, nas ruas e nos palácios, agradece!”, escreveu Paiva.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 30 comentários
  1. Nível muito bom! Baixaria! Onde CFernando está é só baixaria, baixo nível. Sujeito asqueroso, repugnante. Desprezado por todos – menos pelos Antag// Muito bom, delegado! Briga de foice no escuro.

  2. MPF e PF são dois gigantes e de imprescindíveis trabalhos, juntos nos tornamos mais fortes, que o ego fique de lado e que tiremos os olhos de nosso foco. Parem com isso galera, o Brasil precisa de vocês. E não esqueçam a quem a Folha serve.

  3. É por estarmos no braziu-ziu-zinho-da-silva que estas coisas acontecem. Só Palocci, alem de Xôzédiceu e Lullarápio (talvez, Pichuleco) sabem onde o PT escondeu os bilhões de dólares roubados dos brasileiros. Fazer acordo sem essa informação é premiar o ladrão com a medalha de “Honra ao Mérito”.

  4. espero que nossos heróis da lava jato, promotores e policiais federais não comecem a se desentender por vaidade e picuinhas! PRECISAMOS DE VOCÊS. Tem muito crime p/investigar. Tem para todos! Continuem trabalhando sem rivalidades. Corruptos querem ver vcs brigando entre si ao invés de contra eles!

  5. Sei não, eu acho o Carlos Fernando hiper-experiente, não estou muito esperançoso nesta delacao de Pslloci não! Rezando aqui para ser a pá de cal no provável comandante máximo do Petrolao segundo Deltan

  6. PARACE QUE ESTÃO PRODUZINDO R TRABALHANDO UMA CIZANIA ENTRE PF E MPF … CHUPA ESSA QUEM FOR OTÁRIO O SUFICIENTE OU ESTÁ TRABALHANDO PARA ISSO.. TRABALHEM JUNTOS OU RECOLHAM SUAS MATRACAS E SE APOIEM EM FAVOR DA NAÇÃO. ASSINO COM O SEU PATRÃO, OTÁRIOS.

  7. Os procuradores do MPF da Lavajato claramente protegem Dilma e sua quadrilha – Mantega, Mercadante, Graça, Coutinho, Erenice, etc. Deviam estar todos presos, mas o MPF nada fez de investigação / denúncia. Vergonha. Só ficam fofocando nas redes sociais.

  8. Vai saber… Só acho que esse pessoal da justiça deveria evitar tanta falação pública. O Deltan falava muito. Hoje fala menos. Não dá para consertar o mundo de uma vez, ou rapidamente.

  9. O PROBLEMA É: Desde quando RODRIGO JANOT escondeu de todo o BRASIL a DELAÇÃO de LÉO PINHEIRO que entrega DIAS TOFFOLI, não temos mais a mesma confiança no MINISTÉRIO PÚBLICO.

  10. O Antagonista – mesmo a extremo contragosto – concordará que o procurador Carlos Fernando Lima está doido, provavelmente por excesso de proximidade com Deltan Dallagnol, e deve ser tratado urgentemente. Ele dá a entender que conhece o roteiro de Palocci e que considera a sua delação falaciosa…

  11. A verdade é que essas delações não estão dando em nada. Quem foi preso devido às delações de Delcídio e Sergio Machado, por exemplo? Delcídio está por ai, querendo sair candidato novamente, se dizendo inocente e perseguido.

  12. Que país é esse?, que horror?, até os que combatem os criminosos brigam para aparecer?, como vemos, assim o crime só compensa, vai levar a melhor, já não bastasse termos um stf acovardado, vemos agora a PF e o PGR se digladiarem pela imprensa. HORRÍVEL!………………………………

  13. Carlos Fenando dessa vez “pisou na bola”.
    Se a legislação permite que delações premiadas sejam conduzidas também pela PF, não cabe objeção.
    As duas entidades, PF e MP, têm que atuar em conjunto e não ficar “batendo cabeça”