Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Delfim Netto se diz assustado com críticas de Guedes ao IBGE

Ex-ministro ressalta que IBGE serviu a governos de diferentes partidos, sempre prezando pela lisura, seriedade e qualidade técnica das informações que apura
Delfim Netto se diz assustado com críticas de Guedes ao IBGE
Reprodução

O ex-ministro Delfim Netto está espantado com as críticas de Paulo Guedes ao IBGE depois que a PNAD trouxe números de desemprego que contrariaram o ministro de Jair Bolsonaro. Na semana passada, Guedes afirmou que o instituto “está na idade da pedra lascada”.

“O IBGE serviu a governos de diferentes partidos, sempre prezando pela lisura, seriedade e qualidade técnica das informações que apura. Utiliza metodologias de padrões internacionais e é mundialmente reconhecido pela qualidade de seus técnicos e pesquisas. Se estas puderem ser ainda mais modernas, cabe a quem controla o IBGE –o Ministério da Economia– avaliar e propor os aperfeiçoamentos necessários para que o instituto atinja o ‘estado da arte’, inclusive no aspecto orçamentário“, escreve o economista na Folha.

Ele ressalta ainda que o desempenho do IBGE na pandemia foi surpreendente, apesar dos desafios impostos à coleta presencial de informações e tratamento dos dados. “A resposta do IBGE às dificuldades foi célere, hábil e marcada por sua reconhecida competência.”

“São por essas e outras (tantas) razões que causa espanto a declaração desinformada do ministro Guedes. Torço para que tenha sido um infeliz lapso verbal, não uma adesão aos lamentáveis cacoetes presidenciais de promoção do descrédito de instituições do Estado brasileiro.”

O negacionismo econômico é outra faceta do bolsonarismo tirânico.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO