Deltan promete pacote com 100 propostas anticorrupção

Telegram

No evento do Estadão hoje, Deltan Dallagnol disse que “entidades respeitadas da sociedade civil” vão lançar um novo pacote anticorrupção.

A ideia é que as cem propostas do pacote –que incluem, segundo o procurador, melhorias na transparência pública, nas concorrências e no sistema político-eleitoral– sirvam de base para a escolha de candidatos em 2018.

Deltan afirma que, agora, a ideia não é coletar assinaturas, como foi feito no caso das dez medidas contra a corrupção (submetidas ao Congresso e desfiguradas).

“A estratégia é escolher os candidatos a senador e deputado que tenham passado limpo, compromisso com valores democráticos e que apoiem esse pacote anticorrupção.”

O procurador não revelou quais são as entidades envolvidas na empreitada.

 

Comentários

  • Afonso -

    Notícia "truncada" seguida de leia mais, repetindo o mesmo trecho da notícia, os torna bastante semelhante aos embromadores da grande mídia. Por favor, modifiquem ou tornem menos "chato" ler O Antagonista. Procurem imitar os bons! Obrigado

  • Tiago -

    E o R.A. pira...

  • rubens -

    Existe um ambiente preparado para a corrupção parecer natural. Ex: As tabelas do Ministério do Orçamento são preparadas para ter superfaturamento sem que o mesmo seja caracterizado com tal, se tal ítem pode ser comprado por x, o ministério autoriza até 2x, em outras palavras uma superfaturamento básico de 100 por cento não vai aparecer no radar dos tribunais de conta e ou outros órgãos.Como sei? Não sei...Li uma reportagem antiga na Veja que aborda o assunto. Melhor uma investigação nessa linha que mil medidas contra a corrupção.

Ler 58 comentários