Demissões em cadeia

Em 2015, a Baixada Santista perdeu 13 mil postos formais de trabalho. Até a semana passada, segundo O Globo, a Usiminas tinha demitido 4 mil.

De acordo com Nicolau Pompeo, economista da PUC-SP, essas demissões devem render outras 30 mil nos nove municípios da região.

Infelizmente isso é só o começo.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200