Demitida, mulher de blogueiro bolsonarista denuncia 'indícios de ilegalidades'

Demitida, mulher de blogueiro bolsonarista denuncia indícios de ilegalidades

Demitida hoje por Damares Alves, Sandra Terena denunciou suspeitas de ilegalidades em um convênio assinado pela pasta, informa a Crusoé.

Ontem, sabendo de sua exoneração, a esposa do blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio enviou um ofício à assessoria especial de Controle Interno do ministério.

No documento, ela diz haver “indícios de irregularidades” na liberação de recursos para um convênio com a Associação dos Jovens Aprendizes com Deficiência Visual de Sergipe.

O dinheiro é proveniente de emenda parlamentar, e a associação faria parte de “uma série de Organizações da Sociedade Civil defendidas e representadas por uma única pessoa, com 18 CNPJs diversos e com várias emendas na pasta, o que poderia representar uma situação de ilegalidade e malversação de recurso público”.

Leia aqui a reportagem completa na Crusoé e aproveite para assinar a revista e apoiar o jornalismo independente.

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO