Demitido por Bolsonaro, presidente dos Correios se despede no Twitter

O general Juarez Aparecido de Paula Cunha, cuja demissão da presidência dos Correios foi anunciada publicamente por Jair Bolsonaro no dia 14 de junho, foi ao Twitter nesta quarta-feira para confirmar que deixa o cargo hoje.

“Caros amigos! Hoje me afasto dos Correios. Foram 7 meses de alegria, obtivemos excelentes resultados, conduzimos a recuperação da Empresa e fizemos grandes amigos. Saldo muito positivo e a certeza que vocês continuarão no cumprimento da missão. Um abraço a todos!”, tuitou o general.

Ontem, Bolsonaro disse que ainda não tem o novo nome para os Correios, mas analisa algumas opções. “Está nascendo a criança aí. Alguns nomes estão aparecendo. Logicamente, o presidente que assumir vai cumprir seu papel, e o governo deu sinal verde para buscar a privatização”, disse o presidente.

Como informamos mais cedo, Bolsonaro deve indicar outro militar para o posto.

Comentários

  • Ryu -

    Vai tarde! Muito tarde.

  • Amaury -

    Ciao, ciao. Bambino vá.....

  • Ademar -

    Esse é mais um caso, como comentei ontem em outra postagem, de oficial general comunista. Não quer a privatização desse elefante branco e a abertura do mercado p esse segmento.

Ler 27 comentários