Denúncia contra Delcídio e Edinho vai para a Justiça Eleitoral

O juiz Pablo Zuniga Dourado enviou para a Justiça Eleitoral uma denúncia por corrupção e lavagem contra Delcídio do Amaral e Edinho Silva.

Eles foram acusados por negociarem propina do laboratório EMS para quitar dívidas de R$ 1 milhão da campanha de Delcídio ao governo do Mato Grosso do Sul em 2014.

O juiz considerou que as condutas estão vinculadas a fatos de “indiscutível natureza eleitoral” e aliviou a situação dos petistas, que agora responderão somente por caixa 2.

Comentários

  • Carmen -

    Justiça nos tribunais superiores é uma verdadeira festa dos corruptos. Viva os juízes graúdos.

  • erreaefe -

    Hoje resolveram fazer o serviço direitinho...Toffoleco amigo de cachaça do akkkkKakay, CNMP, TSE...quem mais por hoje?

  • José -

    Mais um petista

Ler 7 comentários