Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Depoimento constrangedor"

“Depoimento constrangedor”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

“Bastaram dois depoimentos — de Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich — para que Bolsonaro retomasse em alta voltagem o velho discurso”, diz O Globo, em editorial.

“A situação só piora. Ontem o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, passou por apuros diante dos senadores na tentativa de contemporizar. Num depoimento constrangedor, foi incapaz de dizer se é contra ou a favor do uso da cloroquina no tratamento da Covid, aberração que não encontra respaldo na ciência. Equivocou-se nos índices de vacinação e se atrapalhou na pergunta mais óbvia: quantas vacinas afinal foram contratadas (…). 

As bravatas não conseguirão interromper os rumos da CPI. Podem, em vez disso, prejudicar o combate à pandemia. A cada dia, erros e omissões do governo ficam mais expostos. E a CPI está só começando.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO