Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Depoimento de ex-secretário vira palco de disputa política no DF

A oitiva com Francisco Araújo é defendida desde o início dos trabalhos da CPI pelo senador Izalci Lucas, potencial candidato ao governo do Distrito Federal
Depoimento de ex-secretário vira palco de disputa política no DF
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), deixou há pouco a sessão de hoje da Comissão Parlamentar de Inquérito e entregou a função, momentaneamente, ao senador Izalci Lucas (PSDB-DF), autor do requerimento de convocação do ex-secretário de Saúde Francisco Araújo.

“Vou viajar mais tarde e, por essa razão, passo a relatoria ao senador Izalci Lucas”, afirmou Calheiros. O presidente, Omar Aziz (PSD-AM), e o vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), também deixaram a CPI. O senador Humberto Costa (PT-PE) também abriu mão de fazer perguntas.

Com isso, o depoimento de Araújo tem sido usado por Izalci Lucas e parlamentares do DF, como Leila Barros (Cidadania), para críticas à administração da Saúde no Distrito Federal. A oitiva com Araújo é defendida desde o início dos trabalhos da CPI pelo senador tucano, adversário político de Ibaneis Rocha e potencial candidato ao governo do DF em 2022.

Leila e o senador Reguffe (Podemos-DF), que fez questionamentos duros a Francisco, também são prováveis candidatos ao governo do Distrito Federal em oposição a Ibaneis.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO