Depois da vacina indiana, Bolsonaro aposta na vacina russa

Depois da vacina indiana, Bolsonaro aposta na vacina russa
Foto: Sputnik

Jair Bolsonaro, depois da vacina indiana, aposta agora na vacina russa.

“O Ministério da Saúde se mexeu para adquirir a Sputnik V”, segundo o Estadão.

“No governo federal, a avaliação é de que a aprovação da Sputnik V pode dar ao Executivo vantagem na ‘competição’ com João Doria, porque o laboratório brasileiro União Química, responsável pela fabricação do imunizante russo no Brasil, teria capacidade de produzir até 8 milhões de doses/mês (…).

O Planalto estaria pedindo celeridade ao ministério e à Anvisa.”

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
TOPO