ACESSE

Depois de atentado a Bolsonaro, PT reforça segurança de Haddad

Telegram

Depois do atentado a Jair Bolsonaro, o PT triplicou o número de seguranças que acompanham Fernando Haddad nas atividades de campanha, informa o Valor.

Neste sábado, seis seguranças acompanharam o poste em São Paulo, em vez dos habituais dois homens.

Comentários

  • José -

    Quem é que vão querer matar um poste?

  • CORUJA -

    E se preparem, porque eles sim (PT e outros de esquerda) tem coragem de atentado fake ao próprio candidato, para depois acusar a "direita fascista"!

  • FernandoDias -

    Vão criar outro atentado fake, querem apostar?

Ler 83 comentários