Depois de Crivella, presidente do STJ manda soltar prefeito de cidade paulista

Depois de Crivella, presidente do STJ manda soltar prefeito de cidade paulista
Divulgação

O presidente do STJ, ministro Humberto Martins, concedeu prisão domiciliar para o prefeito afastado da cidade paulista de Palestina, Fernando Semedo.

Preso desde 17 de dezembro, Semedo é acusado de integrar uma organização criminosa que teria criado empresas de fachada para atuar nos serviços de saúde do município.

O prefeito afastado terá de cumprir restrições como o uso de tornozeleira eletrônica e a entrega de computadores e celulares.

Leia mais: Como se articulam advogados criminalistas e filhos de ministros de tribunais superiores alvos de investigações para blindar-se na Justiça.
Mais notícias
TOPO