ACESSE

Deputada do Cidadania cobra explicações do BNDES sobre 'investigação que não encontrou nada'

Telegram

A deputada Paula Belmonte (Cidadania/DF) enviou ao presidente do BNDES, Gustavo Montezano, uma carta aberta em que pede explicações sobre a investigação privada que não encontrou ilegalidades nos bilionários contratos do banco com JBS, Bertin e Eldorado.

Como O Antagonista noticiou mais cedo, o contrato com os escritórios de advocacia Cleary Gottlieb Stenn & Hamilton e Levy & Salomão Advogados foi assinado na gestão de Paulo Rabello de Castro e custou aos cofres estatais R$ 48 milhões.

Belmonte, que foi 1ª vice-presidente da CPI do BNDES, disse estranhar que o colegiado não tenha sido informado por Montezano a respeito da investigação privada.

“Segundo informações fornecidas pelo BNDES à imprensa, o contrato foi prorrogado por mais 30 meses em 2018 e parte da investigação foi feita no mesmo período em que funcionou a CPI do BNDES. Meu primeiro questionamento é: por que a CPI não foi avisada que havia uma investigação em curso contratada pelo BNDES?”

Para a parlamentar, o BNDES “desprezou o trabalho de órgãos de controle e fiscalização como o TCU e o MP, além do próprio Congresso Nacional, representado pelos parlamentares da CPI”. “É preciso ter respeito ao povo brasileiro! A sociedade brasileira espera uma resposta do BNDES com a urgência que o caso requer.”

Em nota enviada a O Antagonista, o BNDES disse que a “CPI sabia que a investigação da JBS estava em curso”.

“O dado foi apresentado diversas vezes por diferentes envolvidos, como comprovam reportagens e registro das sessões. Foi em sessão da CPI, inclusive, que o BNDES apresentou pela primeira vez o valor global da investigação. Essa sessão ocorreu em agosto de 2019.”

Confira AQUI a íntegra.

Carluxo vai levar? Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários