Deputado do Centrão que já falou em 'demitir' Bolsonaro está com um pé na liderança do governo

Deputado do Centrão que já falou em demitir Bolsonaro está com um pé na liderança do governo
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Se Vitor Hugo for confirmado no Ministério da Educação, tem deputado já com um pé na vaga que vai abrir de líder do governo na Câmara: trata-se de Ricardo Barros, do PP do Paraná.

O Antagonista apurou que ele teria o apoio de Luiz Eduardo Ramos, que o considera “muito experiente”, segundo disse o próprio ministro em conversa reservada com alguns deputados nos últimos dias.

No fim do ano passado, Jair Bolsonaro já havia colocado Ricardo Barros como um dos vice-líderes de seu governo no Congresso. A partir dali, o paraense freou suas críticas ao Executivo e começou a sonhar com a liderança na Câmara, apostando em um enfraquecimento de Vitor Hugo, que se segura no cargo, a despeito dos embates com Rodrigo Maia e os atritos com o PSL, partido ao qual ainda está filiado.

Em setembro do ano passado, Barros chegou a dizer: “Se precisar demitir o presidente, nós demitimos”. Relembre aqui.

Ricardo Barros também foi vice-líder dos governos de Lula e Dilma Rousseff. No governo de Michel Temer, assumiu o Ministério da Saúde.

Ricardo Barros encampou e foi o relator na Câmara da Lei de Abuso de Autoridade. É um crítico feroz da Lava Jato e de Sergio Moro. Leia aqui.

Ricardo Barros é um defensor da cloroquina para pacientes com Covid-19. Ele pegou a doença em abril e usou a droga.

Leia mais: Escândalos à vista: os novos aliados de Bolsonaro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 25 comentários
TOPO