Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputado do PSB acha que Celso de Mello mandou recado para Aras

Por mais que seja, de fato, a PGR a responsável por analisar as notícias-crimes, o ministro do STF Celso de Mello “mandou um recado” a Augusto Aras ao encaminhar hoje ao procurador-geral os pedidos feitos por PV, PDT e PSB, no entender do deputado socialista Júlio Delgado.

Entre as medidas solicitadas pelos partidos, estão o depoimento do presidente, além de busca e apreensão dos celulares dele e de Carlos Bolsonaro, para que seja realizada uma perícia.

“Ao hoje encaminhar essas notícias-crimes, Celso de Mello, que está na iminência de se aposentar e não tem nada a perder, parece passar um recado claro para o procurador-geral”, disse Delgado a O Antagonista.

Para o parlamentar do PSB — um dos autores das notícias-crimes –, caso Aras arquive as denúncias, o ministro do STF poderá evocar o artigo 28 do Código de Processo Penal, que tem a seguinte redação:

“Se o órgão do Ministério Público, ao invés de apresentar a denúncia, requerer o arquivamento de inquérito policial ou de quaisquer peças de informação, o juiz, no caso de considerar improcedentes as razões invocadas, fará remessa do inquérito ou peças de informação ao procurador-geral, e este oferecerá a denúncia, designará outro órgão do Ministério Público para oferecê-la, ou insistirá no pedido de arquivamento, ao qual só então estará o juiz obrigado a atender.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO