Deputado do PSL acusa Eduardo Bolsonaro: "Se algo me acontecer, já sabem"

Deputado do PSL acusa Eduardo Bolsonaro: “Se algo me acontecer, já sabem”
Arquivo pessoal

O deputado federal Julian Lemos, que esteve muito próximo de Jair Bolsonaro ao longo de toda a campanha de 2018, foi ao Twitter fazer uma acusação grave:

“Eu sou o alvo da ‘Gestapo de Eduardo Bolsonaro’. Se algo me acontecer, já sabem. O alvo deles é eliminar moralmente, politicamente e até a vida dos que não se submetem a toda esta farsa. Eu sei como jogam, eu sei como fazem. E eles sabem que sei, são capazes de tudo.”

A deputada federal Dayane Pimentel (PSL) reproduziu a mensagem do colega e comentou, na mesma rede social:

“Todos os desafetos políticos deles ou, como gostam de chamar, ‘inimigos pessoais’ são alvos! Eles querem destruir quem não se submete a eles. Fica o registro!”

Mais cedo, como registramos, Julian Lemos havia reproduzido uma manchete sobre pagamentos em espécie de Eduardo Bolsonaro para a compra de imóveis e desafiou:

“Topa um debate sobre coisas que vi e ouvi? Traidores e ladrões são vocês (…). Você só tem uma coisa contra mim: a mentira, traidor covarde (…). Você lembra quando teve que sair correndo do apartamento do seu pai?”

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO