Deputado federal vai para presídio, diz imprensa local

Deputado federal vai para presídio, diz imprensa local
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Jornais de Campo Grande que estão com repórteres de plantão na sede da Polícia Federal na capital do Mato Grosso do Sul informam que o deputado federal Loester Trutis (PSL) passou por exame de corpo de delito e será levado para uma cela especial em presídio do estado.

O Antagonista tenta, desde cedo, sem sucesso, contato com algum assessor do parlamentar. No gabinete, em Brasília, ninguém diz nada.

Trutis foi preso em flagrante pela manhã, como noticiamos, por posse ilegal de arma. O deputado era alvo de uma operação, autorizada pelo STF, que apura se ele forjou um atentado contra si mesmo em fevereiro deste ano.

A informação da imprensa local é de que o crime é inafiançável, pois a arma de posse de Trutis seria de uso restrito.

Mesmo com foro privilegiado, parlamentares podem ser presos quando pegos em flagrante e por crimes inafiançáveis.

O Antagonista também não conseguiu contato com a direção do PSL e com a Presidência da Câmara.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais lidas
  1. Huck 2026?

  2. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  3. Bolsonaro contradiz governador do AM e alega que governo não foi informado de falta de oxigênio

  4. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  5. Permita-se fazer como o doutor Nogueira e dizer 'Teu c...'

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários
TOPO