ACESSE

Deputado do MDB recruta 'cybermortadelas' por até 9 mil reais

Telegram

Leonardo Quintão, deputado federal pelo MDB, lançou um aplicativo para recrutar até 500 pessoas para fazer campanha remunerada nas redes sociais, registra a Folha.

Em seu site, o deputado anunciou salários de até R$ 9.000 por apoio na internet.

O sistema lembra os cybermortadelas do PT, em que as pessoas eram incentivadas a baixar um aplicativo e recebiam tarefas diárias de divulgação.

O aplicativo do deputado, no entanto, foi deletado nesta sexta-feira da loja do Google.

Pagar outras pessoas para postar conteúdo positivo é crime eleitoral e passível de punição e multa de R$ 5.000 a R$ 30 mil.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 11 comentários