Deputado pede ao MEC ‘fiscalização rigorosa’ em escolas do MST

O deputado Jerônimo Goergen, do PP do Rio Grande do Sul, enviou um ofício ao ministro da Educação, Ricardo Vélez, sugerindo uma “fiscalização rigorosa” no currículo das escolas do MST.

“O objetivo é investigar as denúncias de doutrinação ideológica e a possível responsabilização criminal dos pais desses alunos”, diz o texto, ao qual O Antagonista teve acesso.

“É sabido que as estruturas educacionais não possuem a chancela das autoridades educacionais, tampouco seguem a grade curricular chancelada pelo MEC, portanto, não podem ser consideradas ‘escolas'”, acrescenta o parlamentar.

Em julho de 2018, O Antagonista denunciou – mas ninguém deu bola – a realização do “Primeiro Encontro Nacional das Crianças Sem Terrinha”, inclusive com a publicação de um vídeo onde as crianças entoam hinos do MST.

Existem “forças subterrâneas” dentro do Congresso que impedem que projetos importantes vão a voto. Acompanhe aqui!

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 118 comentários
  1. MST e os Sem-Terrinha. Dá pra imaginar o tamanho do vespeiro que o de.p.u.tado gaúcho Jerônimo Goergen e Ricardo Vélez, ministro da Educação de Bolsonaro vão enfrentar. Vão em frente, srs.👍

  2. Gente, tem que fechar estas escolas do MST! Fiscalizar? Vejam vídeo sem terrinha de nando moura…o que estes caras do MST estão fazendo fere ao ECA. MP cadê a denúncia? Para que serve o MP???

  3. O povo brasileiro depois de um longo tempo se sentindo enganados, trapaceiros e usurpados, vieram á esperança de que poderiam mudar esta situação, então fomos as urnas e elegemos um presidente.

    1. Vai Bolsonaro, vai Estado brasileiro, tire estas pobres crianças da miséria! Reclamar muito no Twitter não adianta não…

  4. Sobre proporção das terras agricultáveis, o Brasil está abaixo dos EUA, e muitíssimo abaixo dos países da Europa. Mais da metade de todas as terras do Brasil pertencem ao Estado. Just food for t

  5. O Governo tem que acabar com essas “escolas” do MST e obrigar os pais a matricular as crianças em escolas normais. De onde vêm os recursos para manter essas células terroristas?

    1. Olha só Roberto, que ótima ideia. Mas tem um detalhe, escolas ‘normais’ não existem para esta gente. Construir escola para pobre não dá voto.

  6. A maioria das pessoas q opinam sobre o MST nunca conheceu um de perto. Eu conheci e posso dizer q a maioria ali está K.GANDO p/ doutrinação.Querem apenas se dar bem, ganhar uma terrinha de grátis

    1. O que quero dizer é que estão se lixando para ideias marxistas. Só estão ali no movimento porque sonham em ganhar terra. Mas concordo q não deveria ser tudo de mão beijada.

    2. Para que maior doutrinação que essa de querer apenas se dar bem e ganhar uma terrinha grátis. O peixe morre pela boca. Vão trabalhar! Nada cai do céu!

    3. Para que maior doutrinação do que essa de apenas querer se dar bem e ganhar uma terrinha grátis. O peixe morre pela boca!

    1. Ô Biofeminista você entende de algum outro assunto além de milícia? Tipo, qual a sua opinião sobre a reforma da previdência?

    1. Generalizar é errar. Muitos professores voluntários não são de direita, nem de esquerda. São apenas humanitários. Querem ajudar as crianças.

    2. “É isso ou continuar analfabeto”. Apolinário, sério que você considera o que MST faz alfabetização? Só se for anafabetização funcional.

    3. Pode somente porque o Estado não se faz presente. É isso ou continuar analfabeto. Excelentíssimo, use seu poder para ajudar essas crianças, não ferrar de vez com a vida delas…

    1. Deveria fechar mesmo. E o Estado tem obrigação de prover uma alternativa decente. O problema é que fazer sensacionalismo ideológico dá mais voto do que ajudar criança pobre.

    1. Como pai, e aos seus filhos sim tens o direito. Mas se tiver um pouco de racionalidade não deveria fazer isso. Vais construir futuros debilóides. Melhor mudar para Cuba.

    2. Perfeitamente, sr. Comunista. Desde que tal doutrinação não seja feita com o dinheiro público. (Como se percebe, não sou o meu xará aqui embaixo, que parece ser mal educado e sem argumentos!)

    3. Você tem, o MST não. As universidades públicas também não. E mesmo sem ter o direito, vocês tentaram subverter nossa democracia.

  7. Ausência do Estado (por incompetência ou má fé) sempre gera um vácuo de poder preenchido pelo que a de pior na sociedade. Vide milícias, tráfico, MST…reclamar é fácil, quero ver resolver.

    1. Pois é, o Estado foi rapinado pela quadrilha petista, os petralhas ficaram 13 anos no poder e não resolveram esse problema, é que só tinham tempo pra roubar o erário.

    2. Estas crianças não tem escolha.. é escola do MST ou nada. Cadê o Estado lá? Fornecendo saúde, educação, segurança? Jogar pra galera pra fazer oba-oba, até eu faço…

    1. O problema é que o Governo não tem (nem nunca teve, incluindo nessa os PTralhas) interesse em oferecer escolas a esta gente… mais fácil dar uma verba simbólica e deixar eles cuidando de sua subv

    1. Não vai limpar, porque ninguém quer investir nisso. É sempre mais fácil demonizar do que ajudar os pobres. Chama de vagabundo, comunista que ninguém liga se estiverem na mer.da

    1. Nunca li tanta besteira por palavra. Agora, se vc comparar com as “madrassas”, que são instituições milenares, a gente pode continuar a conversar. Mas pare de se envergonhar e estude antes o assu

  8. Herr Goergen. O Ministério da Educação deve baixar algum decreto ou instrução de que as escolas do MST não tem licença e portanto seus alunos não poderão avançar em ensino médio e faculdade

    1. Apolinário. Me parece você ser um petralha. Os pais das crianças ao serem avisados de que escola do MST é uma carniça ou um antro e não tem certificado para ensinar os matricularão em escolas.

    2. Mr. Marco – trabalhei 30 anos em multinacional gigante alemã. Herr significa senhor e não tem nada a ver com nazista ou nazismo . Goergen certamente é descendente. Apenas um cumprimento amigável

    3. Concordo…chamar de educação o que acontece nas hostes do MST é forçar qualquer barra. Só acho um exagero usar o termo “herr”. Fora de contexto, muito maldoso.

    4. Herr Goergen??? O quê tem a ver uma coisa com a outra? “Herr” porque? Vai começar com aquela pasmacera de nazista prá cá, golpista prá lá? Acabou meu chapa. Fila anda.

    5. Eu quis dizer o seguinte . Os pais dessas crianças devem ser alertados de que a “educação” obtida no ensino do MST não credencia SEU FILHO a prestar concurso para o médio e a faculdade.

    1. Apolinário. Ensinam bastante nessas escolas do MST . Como fazer bombas, como destruir a família, como invadir propriedades e o pior, como começar a dar o rabo a partir de quando crianças.

    2. REVALIDA? Só pode estar de sacanagem.. se conseguirem ensinar estas crianças a ler e escrever, nestas condições precárias, tem é que premiar estas escolas.

    1. E muitos pais obrigam seus filhos a ir ver apresentações com gente sem roupa e até incentivam a tocar o corpo do “artista”. O que fazer com esses pais, hein, petista cretino?

    2. Vamos entrar na sua mas, primeiro as primeiras coisa. Acabemos com as encubadoras de terroristinhas em potencial, de ignorantes funcionais à serviço de uma organização terrorista. Depois, a gente

    1. Onde é que o texto trata, onde está escrito que a fiscalização acontecerá em colégios maristas, judeus, islâmicos, evangélicos? Onde tá escrito? Nem subentendido está. Deixe de desonestidade

    2. — O MEC tem convenio com o soviet MST pra substituir as escolas normais alegando que ficam longe das crianas. Isto sim tem que acabar !!!

    3. — O governo comuna da ORCRIM PT fez convenio com o soviet MST para dar aulas no lugar da escolas. Isto não acontece com igrejas. É burrice ou o fanatismo não deixa se informar?

    4. Caro ignorante, as escolas, ainda que sigam bases religiosas, precisam estar adequadas à base de ensino do MEC quanto à grade mínima obrigatória. “Sem Terrinha” só ensina marxismo e agressivida

  9. Todo mundo sabe, só ele que não? Está cheio de vídeos na internet, para quem quizer ver, mostrando os madrassais do MST, os “hinos” comunistas, a doutrinação maluca, a pobreza à serviço de t