Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputado que arrebentou cartaz aposta em aprovação do voto impresso "por unanimidade"

Na última sessão, o presidente Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) encerrou a discussão subitamente, deixando os colegas falando sozinhos
Deputado que arrebentou cartaz aposta em aprovação do voto impresso “por unanimidade”
Reprodução/Coronel Tadeu

O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) gravou vídeo nesta quinta (5) dizendo esperar que o parecer da PEC do Voto Impresso será aprovado hoje “por unanimidade”. 

“Qual é o problema? Qual é o problema de dar mais transparência, mais confiança às urnas eletrônicas?”, diz o deputado, que recebeu “censura verbal” do Conselho de Ética por arrancar e danificar um cartaz de uma exposição contra o racismo – dentro da Câmara.

“A minha expectativa é que esse voto impresso e auditável seja aprovado hoje na comissão especial da PEC 135. Que o parecer do deputado Filipe Barros seja aprovado por unanimidade dos deputados que pertencem a essa comissão”, acrescenta.

Na verdade, o voto hoje já é auditável – por meio dos boletins de urna, que são impressos, entre outros meios.

Na última sessão da Comissão do Voto Impresso, em 16 de julho, os deputados rejeitaram por 22 x 12 um requerimento de retirada de pauta. Para que o projeto não fosse derrotado, o presidente Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) encerrou a sessão subitamente, deixando os colegas falando sozinhos.

Uma nova sessão está marcada para hoje às 14h.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO