Deputado sugere 'acordo nacional entre os Poderes' contra a Covid-19

O deputado Alceu Moreira (MDB), que preside a Frente Parlamentar da Agropecuária, enviou a Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia a sugestão de “um acordo nacional entre Poderes”.

Moreira pede a redução de salários de parlamentares, ministros, magistrados e servidores — excluídos aqueles que têm ligação direta no combate ao novo coronavírus, como profissionais de saúde, segurança e limpeza pública.

A medida valeria por 90 dias ou enquanto durar a pandemia.

Leia também: Coronavírus: como sairemos do confinamento?

“A renúncia garantiria que os valores fossem repassados ao SUS, para sanar as consequências da crise: compra de testes, respiradores, máscaras, luvas e montagem de leitos de UTI.”

O deputado sugeriu redução de 20% no salário para quem recebe acima de R$ 10 mil; e de 10% para vencimentos entre R$ 5 mil e R$ 10 mil.

Moreira ainda afirmou que é possível reduzir em 50% a cota parlamentar, o chamado cotão — dinheiro público a que os congressistas têm direito para quase tudo o que você imaginar.

Comentários

  • Ruy -

    Lendo a matéria, fiquei com a impressão de que até os políticos poderiam aceitar mas, o judiciário, não. Ou seja, minha percepção atualizada, tem o judiciário em péssima consideração.

  • Luiz -

    Se fosse o contrario, aumento de 20% nos salários, já teriam votado e aprovado. 300 picaretas.

  • GAC -

    Picareta, corte 100% das suas verbas e mordomias que sobrará dinheiro.

Ler 15 comentários