ACESSE

Deputados bolsonaristas vão ao STF para barrar Joice

Telegram

Um grupo de 10 deputados bolsonaristas vai protocolar um mandado de segurança no STF para barrar a nomeação de Joice Hasselmann para o cargo de secretária de Comunicação da Câmara.

Dizem que, no cargo, ela usou a conta oficial da Câmara no Twitter para atribuir aos adversários a “pecha de propagadores de fake news”.

“[Há] notável imoralidade administrativa, em razão de abuso de poder por evidente desvio de finalidade”, diz a ação, assinada por Carla Zambelli, Alê Silva, Aline Sleutjes, Bia Kicis, Cabo Júnio Amaral, Calos Jordy, Caroline de Toni, Filipe Barros, General Girão e Luiz Philippe de Orleans e Bragança.

Eles também citam suspeitas de que a deputada usou assessores parlamentares para criar perfis falsos nas redes para atacá-los.

 

Deputada Joice Hasselmann durante depoimento na CPMI da Fake News

Leia mais: A voz livre de Moro: agora ele é colunista exclusivo da 'Crusoé'. Clique e saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários