Deputados do PSL vão ao STF tentar anular votação da Lei de Abuso de Autoridade

Deputados do PSL protocolaram um mandado de segurança no STF para tentar anular a votação em que foi aprovada a Lei de Abuso de Autoridade, relata o Estadão.

A alegação é de que houve ilegalidade no processo, pois os parlamentares foram impedidos de fazer votação nominal.

No total, 11 parlamentares do partido assinaram o pedido. Na última quinta-feira, o partido Novo já havia protocolado mandado de segurança no STF pelos mesmos motivos.

Comentários

  • maugustol@gmail.com -

    Esse projeto é humilhante...

  • Serena -

    Espero que a besta, seja somente relator e que não tome decisão solitária. Temos que rezar pela decisão de cada togado. Já estou ficando religiosa.

  • Serena -

    Quanto mais gente protocolando estes impedimentos, melhor. O Partido Novo caiu em mãos do ogro mor. Que terror a política ! Quando as decisões caem entre os gordões, a farra é certa.

Ler 116 comentários