Deputados do PSL querem cargos

Os parlamentares do PSL parecem não ligar para a promessa de Jair Bolsonaro de acabar com o toma-lá-dá-cá na negociação do Congresso.

Igor Gadelha, da Crusoé, conta que vários deputados da bancada reclamam por não terem conseguido indicar aliados.

Leia a íntegra da nota aqui.

Temos uma chance única de começar a limpeza do Judiciário. LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 79 comentários
  1. Bolsonaro vai distribuir milhares de cargos para faxina interna das penitenciárias! Os bandidos do congresso terão muito tempo para se ocuparem da higiene quando o congresso acabar!

  2. Bolsonaro deveria deixar, junto à porta de sua sala de trabalho, o par de botas de paraquedista. Seria muito eficaz para botar para correr esse tipo de político. Um chute com botas…. hmm… Esse d

  3. No Tocantins o presidente fez do PSL seu feudo, Antônio Jorge, siquerista (do grupo de ex-governador Siqueira Campos), sindicalista e ex-partido socialista expantou os apoiadores e curte ser o dono.

  4. O PSL, na prática, está querendo melhorar o teto do novo mensalão pra aprovação dos projetos de Bolsonaro…O choque de gerações que ainda está por vir separará os bons dos mercadores da dem

  5. É mais uma fofoca, pois se indicarem e forem qualificados tecnicamente para o cargo não terão nenhuma imposição contrária à nomeação. Agora aliados FDP que querem mamar não terão nadinha.

  6. Estes, mais que os outros, devem entender que sua eleição em boa parte é devida ao alinhamento com Bolsonaro. Cabe a eles agora trabslharem, de verdade, no Congresso e fazerem diferença.

  7. Considerando-se a separação dos poderes, prevê-se que parlamentares renunciem a seus mandatos antes de aderir ao Executivo. A medida promove a supervisão congressual, prevenindo a suruba.

    1. À promiscuidade vergonhosa entre os chamados Poderes da República tem-se dado o nome de presidencialismo parlamentar, entre outros absurdos. É preciso manter alguma ordem, até na fuzarca.

  8. Eu avisei que era pra votar no NOVO. Eu até pensei que bolsonaristas iam de Bolsonaro pra presidente e de NOVO para o Congresso. Esses parlamentares do PSL são meia bomba. Meio despreparados.

    1. Independentemente do que acontecer, Ciro e Alckmin são mentirosos compulsivos e não acrescentarão em nada ao Brasil.