Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputados querem convocação de Braga Netto por ameaças golpistas

Fábio Trad e Fernanda Melchionna protocolaram pedido para que ministro da Defesa explique caso na Comissão de Constituição e Justiça
Deputados querem convocação de Braga Netto por ameaças golpistas
Foto: Isac Nóbrega/PR

Os deputados Fábio Trad (PSD-MS) e Fernanda Melchionna (Psol-RS) protocolaram há pouco pedido para que o ministro da Defesa, general Braga Netto, explique as ameaças golpistas feitas a Arthur Lira (PP-AL) na Comissão de Constituição e Justiça.

O requerimento foi protocolado depois que o jornal O Estado de S. Paulo publicou reportagem sobre uma ameaça à democracia que teria sido feita pelo ministro da Defesa, general Braga Netto, que nega ter feito o ataque.

Segundo o jornal, o general ligou para o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e afirmou que não haveria eleição em 2022 sem o voto impresso.

O parlamentar então respondeu ao militar, e depois a Jair Bolsonaro, que apoia o governo até em uma eventual derrota eleitoral, mas que não se aventuraria em rupturas democráticas.

No requerimento, os deputados afirmam que “o ministro Braga Netto e parcela das Forças Armadas chantageiam representantes eleitos dos Poderes da República para que sejam atendidas suas demandas, aduzindo que, caso não seja aprovada a PEC 135/2019, irão golpear a democracia brasileira”.

E esse não é o primeiro requerimento para convocação de Braga Netto. No último dia 13, a Comissão de Fiscalização da Câmara aprovou solicitação para que o ministro da Defesa esclareça a nota de repúdio em resposta a declarações de Omar Aziz sobre a “banda podre” das Forças Armadas.

O ministro ainda não atendeu ao pedido por causa do recesso parlamentar.

Leia o requerimento aqui.

Mais notícias
TOPO