Deputados querem ser Papai Noel, diz Arthur Virgílio

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, está indignado com a bomba fiscal aprovada na Câmara que livra de punição os municípios que estouram gastos com servidores.

“Eu quero apenas que se faça justiça. Que não se beneficie quem se portou mal, quem aumentou o déficit público, quem contribuiu para o Brasil permanecer nessa crise, que tem uma base eminentemente fiscal”.

Um dos pontos da proposta, pronta para sanção ou veto de Michel Temer, é a permissão para que prefeituras que gastaram mais que 60% das receitas com pessoal tomem novos empréstimos.

Virgílio teme que o projeto em favor dos prefeitos também mobilize governadores em busca de folgas nas contas públicas.

“Chega o fim do ano é festa de Natal, aproveitam e se transformam em Papai Noel, distribuindo o dinheiro que pertence aos brasileiros”.

Joice Hasselmann: ela quer ser a capitã do novo governo. Leia AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 34 comentários
  1. A Argentina quebrou e está nessa falência,exatamente porque não criou algo como a Lei de Responsabilidade Fiscal.Esse Congresso é de traidores da pátria e do povo.Vigaristas.Pilantras.

  2. Regimes cleptocráticos tendem a mimar bandidos, enfurecendo-se com seus críticos. Baseiam-se em privilégios e abominam qualquer coisa que lembre meritocracia. País algum progride assim.

  3. Por estas e outras decisões do Congreso e do STF, chegamos a conclusão que no Brasil a democracia não funciona, pois não há dever cívico e responsabilidade patriótica. Tem que ser ditadura mesm

  4. Certinho Arthur Virgílio! As administrações municipais têm tradição de ser cabides de empregos de cupinchas q consomem toda renda de impostos e deixam cidadãos sem saúde, estradas, etc.

  5. O VAMPIRÃO tem a obrigação de VETAR esse ESCÁRNIO que é MAIS um tremendo ROUBO do DINHEIRO DO POVO BRASILEIRO. Se o VAMPIRÃO não VETAR, a partir de JANEIRO todos nós vamos lhe dar o troco, viu

  6. Congresso de merda. O STF é pior. Qual o pior, Juízes aprendizes de tiranos que mandam prender brasileiros porque os valentes não aceitam críticas ou deputados que querem levar o Brasil à miséri

  7. SE as reformas institucionais e estruturais, inclusive econômicas, não forem da federação, não apenas da União, não vai dar certo. E o buraco das contas que é nacional, não é só da União,

  8. Porque se não fizerem isso e apenas repartir recursos o rombo volta e muito maior, com muito mais dificuldade de conserto. Seria uma catástrofe!!! O que a União enxuga e conserta os demais estragam

  9. Prefeitos que cometeram este crime deviam ficar inelegíveis durante 8 anos e seu partido multado. O dinheiro do povo é gasto para manter cabos eleitorais da situação empregados, centenas.

  10. porque se não não adiantará o Bolsonaro cortar gastos e fazer reformas constitucionais. Tem de cortar também nos Estados e municípios, gerenciando melhor os recursos que vão receber da União.

  11. País da bandalheira institucionalizada, q estimulo tem a pessoa q cumpri as leis?, NENHUM, já os bandidos, é redução de penas, descontos astronómicos, sempre coitadinhos, temos de acabar c/isso.

  12. Já pensou no governo federal, que quer descentralizar recursos num novo pacto federativo? Tem de ser muito bem feito com transparência e obrigando contrapartidas como redução do Estado e privatiza

  13. Artur Virgílio tem toda a razão. Se não isso não terá fim e comprometerá qualquer negociação futura entre os entes da federação. Tem que haver compromisso com o ajuste fiscal, contrapartidas

  14. O Brasil não vai para frente porque beneficia quem não cumpre as metas e as regras. Quem trabalha honestamente fica com cara de otário quando percebe que seu esforço não vale de nada. Simples ass