Descaramento petista

Zé Geraldo foi um dos petistas que tentaram reduzir o quórum no Conselho de Ética para ajudar Eduardo Cunha. Sem qualquer constrangimento, o deputado confessou a O Globo a estratégia em curso: “Não faz mal nenhum esperar mais duas semanas no Conselho de Ética, deixar chegar dezembro e o governo terminar de votar a pauta econômica. Para o governo, quanto mais tempo, melhor”.

Quando questionado se a manobra não causaria mais avaliação negativa, foi ainda mais descarado: “O PT apanha de qualquer jeito, se faz coisa errada ou se acerta. Uma porrada a mais não vai fazer diferença.”

Faça o primeiro comentário