"Desculpe, isso não é problema nosso", diz senador que defende Coaf com Moro sobre prazo da MP

Assim como Alvaro Dias, do Podemos, e a bancada do PSL, o senador Omar Aziz (PSD) disse a O Antagonista que votará no Senado para que o Coaf não saia do Ministério da Justiça.

A votação da MP da reforma administrativa na Casa está marcada para a próxima terça-feira.

“Tem que ficar com o Moro. Tivemos muitos problemas sobre vazamentos de investigações no Coaf. Ficando com o Moro, se vazar, saberemos quem foi”, justificou Aziz.

Moro: “Solução para o crime não pode ser abrir as portas da prisão” CONFIRA

Perguntamos ao senador se ele acha que dá tempo de fazer a mudança na MP e a medida voltar a ser analisada na Câmara antes de caducar, em 3 de junho.

“Desculpe, isso não é problema nosso. Não é porque mandaram para cá com atraso que vamos deixar de votar com a nossa consciência”, respondeu ele.

“Se quiserem, votam na terça aqui [no Senado] e no mesmo dia ou na quarta lá [na Câmara]. É só ter boa vontade. Com acordo entre as lideranças, isso se resolve”, acrescentou.

Comentários

  • Rosa -

    Verdade. Quando os deputados querem vão madrugada a dentro. Se não votarem não será por falta de tempo, mas por falta de responsabilidade. Dia 26 nas ruas pelo Brasil.

  • Nina -

    Isso mesm. Quando o Congresso quer, aprova até PEC em 24h. A gente acabou de ver isso. Não tem desculpa para não mudar o que a Câmara com safadeza barrou.

  • rgf -

    Até que enfim alguém pra defender o povo contra a CORRUPÇÃO. Não adianta o sacrifício pela reforma da previdência se o ralo da corrupção continuar

Ler 59 comentários