Desde 2016, TCU apura contas da Rede Sarah de hospitais

Nos últimos dois anos, deputados e ex-funcionários têm se movimentado para cobrar mais transparência da Rede Sarah de hospitais, que hoje tem nove unidades espalhadas pelo país e é especializada na reabilitação de pacientes — muitos deles ilustres, como membros do Congresso Nacional, ministros de Estado e de tribunais superiores.

A rede foi inaugurada em 1960, pela então primeira-dama Sarah Kubitschek, e desde 1991 é mantida pela Associação das Pioneiras Sociais, criada por lei naquele ano.

Todo o orçamento dos hospitais é público: votado anualmente no Congresso e repassado para uma administração privada por intermédio do Ministério da Saúde. Neste ano, de acordo com o Diário Oficial da União de 3 de janeiro, a rede tem à disposição 1,1 bilhão de reais (exatamente R$ 1.100.793.192).

Em abril último, a deputada distrital Celina Leão, do PPS, encaminhou à rede um ofício solicitando, por exemplo, informações referentes aos salários dos funcionários, incluindo dos que compõem a diretoria, e sobre a destinação de emendas parlamentares. De acordo com um levantamento ao qual O Antagonista teve acesso, as emendas deste ano chegam a 564,9 milhões de reais (recursos que se somam ao orçamento bilionário).

O deputado federal Augusto Carvalho, do Solidariedade do Distrito Federal, também já formalizou a autoridades competentes, em dezembro do ano passado, pedidos em relação à gestão da Rede Sarah.

O Antagonista teve acesso também a uma tabela salarial atribuída à instituição, na qual constam remunerações de até 75 mil reais mensais para médicos. A rede, porém, não divulga esses dados oficialmente.

Em 2016, o Tribunal de Contas da União abriu uma auditoria, cujo relator é o ministro Bruno Dantas, para analisar as contas do Sarah. O trabalho ainda está em andamento.

Além de maior transparência acerca de receitas e despesas, outro questionamento diz respeito à fila de espera de atendimento. Com frequência, chegam aos hospitais da rede pedidos de preferência para determinados pacientes assinados por autoridades da República.

Alguns integrantes do conselho de administração do Sarah: Cármen Lúcia, Sepúlveda Pertence, Carlos Ayres Britto, Carlos Gabas e Sigmaringa Seixas.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Ivete disse:

    De fato, é muito expressivo o orçamento do Hospital Sarah Kubitschek. Mas uma verdade deve ser dita: A instituição é um exemplo de respeito no tratamento dispensado a cada paciente.

Ler comentários
  1. Médicos com status de divinos. disse:

    Médico com $75.000,0 de proventos em Hospital com verba Pública? sei de um caso, de gente que tem muito dinheiro, e não queria bancar o tratamento do rebento, atravém de uma autoridade muito importante, o paciente , entrou pela "porta dos fundos do Sara Kubitchek," com os funcionários o cobrindo.

    1. Olha o Sara sempre foi uma instituição séria. Se você sabe de alguma falcatrua te desafio a denunciar. Claro que você não vai fazer isso. Primeiro porque deve ser mentira. E segundo se for verdade você é covarde e vai dizer que não quer se comprometer como qualquer medroso. Cala a sua boca rapaz.

    2. Gente trabalho no SUS. Já consegui enviar vários pacientes para o Sara. Excelência em tratamento. Não vamos tirar conclusões precipitadas.

  2. A Corte NUNCA desaponta! disse:

    Eita! A CORTE NUNCA DESAPONTA! TODOS vivem melhor que qualquer rei/rainha pelo mundo afora!

  3. SPA CURITIBA disse:

    Legal .....A verba é pública , mas não podem divulgar o salário dos funcionários . Médico recebendo 75 mil , deve ser na Suécia , né ?

  4. Dra. Lúcia Braga? disse:

    A Dra Lúcia Villadino Braga tá envolvida? Vi uma entrevista dela no Jô, uma vez. Parecia Lula/Dilma com suas façanhas mirabolantes! Foi SURREAL! Só podia ser lorota!

    1. Gente cuidado com as conclusões precipitadas. A Rede Sara é referência mundial. Se uns poucos estão errados existe uma legião de funcionários bem intecionados

  5. Beth disse:

    Incrível! Onde se mexe, fede! O país fede! Brasília fede! Somos o país mais fedido e podre do mundo!! Mais nojento e asqueroso. Quanto mais "autoridades" renomadas envolvidas, mais fede. Todos querem uma "boquinha" para engordar a já obesa conta bancária, as custas do nosso suado, sofrido, dinheiro.

  6. Deny disse:

    Sei não! Transparência é importante quando se fala de dinheiro público. Mas quem já foi atendido na rede Sarah pode falar. Eu conheço pelo menos 3, sem grana nenhuma. E nenhum deles tem nada a reclamar. Atendimento top, instalações de primeira, resultados maravilhosos.

    1. E isso ai Deny. Eu sou medico do SUS e ja enviei varios pacientes para lá. infelizmente eles tem uma triagem bem feita para poder manter a qualidade.

  7. João Damasceno Matos De Menezes Júnior disse:

    Está chato, sé o profissional produz tem que receber, é muito diferente a iniciativa privada do poder publico, não é punindo os melhores que se diminuem as desigualdades.

  8. Isaias disse:

    Misericórdia senhor Deus de Abraão, Isaque e de Jaco dessa nação!!

    1. Desde 2003 a ORCRIM fez do Brasil um lamaçal de corrupção e o TCU fez alguma coisa. Todo hospital de qualidade no Brasil é perseguido. As ilhas de excelência Serpro, Embrapa e outros foram sucateadas pela quadrilha lulopetista!’

  9. Danielle disse:

    O TCU também poderia checar as contas do Hospital de Cancer de Barretos. Muito estranho um orçamento milionário (desproporcional ao número de leitos do hospital) ser aprovado em vésperas de eleição, né Sr Alckmin?!

    1. Gente Medicina de excelência custa caro. Não vamos nos basear nos hospitais do SUS. O Sara da banho em qualquer hospital da rede D'or na area de reabilitação.

  10. Pedro Galhardo disse:

    Poderia o TCU também apurar os salários de operadoras de copiadoras algo em torno de 12 mil, pela qualificação acima do mais médicos.

  11. Nina disse:

    Privilégios tidos e mantidos indecentemente. Cada hospital público desse país deveria ter o mesmo esse orçamento anual e receber emendas equivalentes.

    1. Exatamente. O Sara é excelência em tratamento ortopédico. Se alguém tiver oportunidade visite uma das unidades. São de primeiro mundo. Não vamos atacar o que existe de melhor em reabilitação no Brasil.

  12. Pior mesmo disse:

    É O HOTEL DO EXÉRCITO. REGADO A CAMARÃO, CAVIAR E VINHO. O BACANAL MILITAR.

  13. casimiro Rodrigues disse:

    O BRASIL precisa desesperadamente de um novo Rumo. Ordem e disciplina. Vamos todos Votar em Jair Messias Bolsonaro.

  14. Carlos disse:

    Isso só terá fim quando começarem a surgir mortes desses malandros. Ninguem aguenta mais tanta roubalheira.

  15. QWERTY disse:

    O orçamento do Hospital SK consome a maioria dos recursos para a saúde do Brasil, tendo apenas nove hospitais. O antigo feitor do Hospital SK era um oco finado Aluísio Campos da Paz, amigo pessoal e protegido do Sarney. Bruno Dantas é homem do Renan. Sabem quando isso vai dar em alguma coisa? Nunca.

    1. Por favor em vez de falar da rede Sara vamos falar como o Brasil precisa se igualar ao padrão Sara.

  16. Md1965 disse:

    Gente sou médico. O Sara é de primeiro mundo. Sou testemunha de pacientes com sérias deficiências físicas que conseguiram levar uma vida produtiva. Se o SUS tivesse o padrão Sara nos estaríamos melhores que ou no nível do Canadá. Se existem algumas distorções que sejam corrigidas mas o Sara é o melh

  17. Lewandonoroskówski disse:

    Corto meu bagos fora se não tiver putaria com dinheiro público e privilégios no atendimento nessa porra de hospital.

  18. Sílvio disse:

    Se puxar uma linha, vem um cardume inteiro de tubarões. Aposto meu salário que tem rolo e do grosso.

  19. Tem Gente do Judiciário mamando Aí? disse:

    Será que tem gente do judiciário mamando aí?

  20. cacaroloss disse:

    Esta rede de hospitais é a maior caixa preta do Brasil. Ninguém sabe como funciona,os salários são fora da realidade do país, o atendimento é pequeno, e a maioria das pessoas não tem a menor ideia de como buscar atendimento lá. E sem falar que tem um dos maiores orçamentos da rede pública .

  21. Acho BEEEEEEEEEEEEM justo. disse:

    Um médico ganhar R$ 75.000,00 E tem professores médicos lá que ganham um pouco além disso. Eles MERECEM. São cientistas. Injusto é Ministros do STF ganharem R$ 75.000,00 Os primeiros, salvam, para depois ganhar. Os segundos, ganham, para depois salvar. ENTENDERAM?

  22. Enrico Pedroza disse:

    Eu fui atendido pelo Sarah. E muito bem atendido. Não tenho do que reclamar. E sem privilégios. Fila e tudo. Muito organizado.

  23. Sackful disse:

    Passaram a mão na Sarah... Bem feito pro Juscelino, o Aecinho dos anos 50...