Desejamos que Doria seja “higienista”

João Doria já faria uma administração extraordinária em São Paulo se:

a) Limpasse a cidade todos os dias e multasse quem a suja;

b) Impedisse bares e restaurantes de invadir o espaço público;

c) Iluminasse devidamente os logradouros públicos;

d) Recapeasse o asfalto de ruas e avenidas e multasse pesadamente as empresas que abrem buracos e não os fecham;

e) Pusesse na cadeia os pichadores;

d) Começasse a enterrar os fios elétricos e telefônicos que enfeiam ainda mais a paisagem paulistana;

f) Evitasse os apagões contínuos dos faróis de trânsito.

Enfim, que fosse definido pelos esquerdistas um prefeito “higienista”.

Faça o primeiro comentário