Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Urgente: Desembargador do TRF-1 revoga prisão domiciliar e Eduardo Cunha está livre

Urgente: Desembargador do TRF-1 revoga prisão domiciliar e Eduardo Cunha está livre
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O desembargador Ney Bello, do TRF-1, de Brasília, revogou a última prisão domiciliar que restava contra Eduardo Cunha.

Com isso, o ex-presidente da Câmara agora pode circular à vontade, desde que não deixe o país — ele já foi condenado em segunda instância e ainda responde a vários processos.

Cunha foi preso em 2016 e, no ano passado, conseguiu a prisão domiciliar, em razão do risco de contaminação pela Covid.

Na decisão de hoje, Ney Bello disse que o ex-deputado poderia ser liberado “em razão de não se ter notícia do descumprimento das obrigações impostas, e, também, pela demora em se marcar o julgamento da apelação já interposta em favor do requerente”.

Na semana passada, o TRF-4 revogou outra prisão preventiva de Cunha e retirou a tornozeleira eletrônica — a decisão só manteve a retenção do passaporte; Cunha tem cidadania na Itália.

Leia aqui a íntegra da decisão.

 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO