Desembargadores suspeitos de venda de sentenças movimentaram R$ 77,4 milhões

Os quatro desembargadores do TJ-BA afastados por decisão do ministro Og Fernandes, do STJ, movimentaram R$ 77,4 milhões de reais desde 2013, informa Fabio Serapião na Crusoé.

Os valores são citados na decisão da Operação Faroeste, que investiga um esquema de venda de sentenças judiciais envolvendo uma disputa de terras no oeste baiano.

 

Leia:

Desembargadores baianos suspeitos de venda de sentença movimentaram 77,4 milhões

Comentários

  • Patriota -

    Bando de F.daP. !

  • vicentina -

    As conversas sao milhões, bilhões e nos aqui só pagando as contas e nunca participamos de nenhuma festa. STF esta nos holofotes, mas o Judiciário é uma calamidade no pais todo.

  • Geovani -

    Aproveitem que o Gilmar Mendes ainda é ministro pra pedir uma liminar ou quem sabe a canonização.

Ler 50 comentários