Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Desta vez, só vou jogar legalmente"

“Desta vez, só vou jogar legalmente”
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O marqueteiro de Marcelo Freixo (foto) é Renato Pereira, delator premiado do esquema de Sérgio Cabral. 

Em entrevista para O Globo, ele jurou que, ao contrário do que fez no passado, agora não vai se envolver com caixa dois:

“Desta vez, só vou jogar legalmente e ponto final”.

Em vez de apostar em ilegalidades, ele vai apostar no bolsonarismo para eleger seu candidato, como todo o resto da esquerda:

“É mais provável que a gente tenha, ano que vem, um bolsonarismo ainda muito presente. E, do outro campo, temos um líder como Lula, que consegue dialogar com setores importantes da sociedade e ter trânsito por recortes diferentes de um tecido social cada vez mais esgarçado. Não vejo nos candidatos hoje que se apresentam como terceira via essa mesma capacidade. João Doria e Eduardo Leite são dessa elite superqualificada que citei. Ciro Gomes também, e além disso tem muita dificuldade de falar com um público não convertido. Sergio Moro para avançar precisa avançar nos ‘Bolsonaro Light’ e nos ‘Lula Light’. Não bastam os ‘nem-nem’ e, como ele criou contraste muito forte com os dois campos, fica difícil. E Rodrigo Pacheco não tem projeção suficiente para arrancar num período curto”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....