Destruição de provas na Eletrobras

A nova diretoria da Eletrobras vai trocar 50 executivos, segundo a coluna Radar On-line, da Veja. Após uma investigação interna, concluiu-se que eles destruíram provas de malfeitos cometidos na estatal. Entre os mais graúdos, está o presidente da Eletronorte, Tito Cardoso.

Faça o primeiro comentário