Desvio do Mais Médicos para ditadura cubana pode ser maior

O Mais Médicos lançado em 2013 por Dilma Roussef – e mantido por Michel Temer – é apenas a fachada visível de mais um golpe do PT para assaltar os cofres públicos.

Ao pagar 75% do Mais Médicos para a ditadura cubana, o governo confirma na prática que o programa não se destina a melhorar as condições de atendimento de saúde do brasileiro.

O roubo, aliás, pode ser maior.

É que os cubanos, enquanto estão no Brasil, só recebem 40% daqueles 25% a que têm direito. A ditadura dos Castro diz que paga os 60% restantes numa conta bancária em Cuba, mas não há meios de controle desses pagamentos.

Comentários

  • Ah, -

    MAIS GUERRILHEIROS... ENQUANTO A POPULAÇÃO SOFRE SEM SAÚDE, NO RIO E EM OUTROS ESTADOS... NA VENEZUELA, É MAIS SEGURANÇAS PARA MADURO...

  • Temer -

    Observem no post: "e mantido por Michel Temer" Ainda precisa dizer mais alguma coisa?

  • Leonam -

    Onde estava o MP a PGR e outros quando assinaram esse contrato? Nada fizeram e nada farão. O Brasil está à deriva. Não temos um vislumbre do que nos espera, certamente, não vai ser bom. Enquanto prosperar essa cambada de anencéfalos guiados por meia dúzia de bandidos o país será isso. Aqui nem as leis da física são respeitadas. Pobre Brasil!!!

Ler 26 comentários