ACESSE

"Deu certo e estou muito bem", diz Bolsonaro sobre uso da hidroxicloroquina

Telegram

Na live de hoje para os seguidores, Jair Bolsonaro voltou a fazer propaganda da hidroxicloroquina, desta vez citando a experiência do cardiologista Roberto Kalil Filho, que também admitiu ter usado o medicamento contra a Covid-19.

“E deixo bem claro para vocês, um testemunho meu. Como o dr. Kalil falou em São Paulo, foi acometido do vírus e declarou que tomou, por ocasião do seu tratamento, a hidroxicloroquina. E eu tomei, e deu certo e estou muito bem, graças a Deus”, disse.

Antes, relatou as vezes em que tomou o remédio nos últimos dias, ainda antes do diagnóstico positivo para a Covid-19. Bolsonaro disse que está sendo acompanhado por médicos. “Recomendo que você faça a mesma coisa, caso sinta sintomas, sempre orientado”, afirmou.

Ele negou que esteja fazendo propaganda do remédio. “Não estou ganhando nada com isso. Não tenho nenhum negócio com essa empresa aqui, EMS, e tem mais uma ou duas empresas farmacêuticas que produzem”, afirmou, mostrando a caixa do remédio.

“Quem não quiser tomar que não tome, mas não fique querendo proibir.”

Leia mais: Fake news x jornalismo. Clique e conheça nossos princípios, nossa missão e libere seu acesso em uma condição especial

Comentários

  • Veronica -

    Libere dois eletrocardiogramas por dia para cada paciente com covide 19 internado no SUS, Bolsonaro.., e então recomende cliroquina

  • Marcos -

    Não deu certo é pros milhares de mortos pelo negacionismo e pelos criminosos soltos porque Jair não quer prisão em 2a instância. Até Lula tá solto. Benfeitor de corruptos limitou delações e prisões.

  • Ivan -

    Exatamente isso!

Ler 98 comentários