Devemos muito a Júlio Marcelo de Oliveira

O Brasil deve gratidão ao procurador Júlio Marcelo de Oliveira, a primeira testemunha a ser ouvida no julgamento final de Dilma Rousseff.

Não fosse ele, os crimes de responsabilidade da petista teriam passado em branco — e o país estaria numa recessão ainda mais profunda.