Dez vezes em que Bolsonaro negou a Coronavac

Dez vezes em que Bolsonaro negou a Coronavac
Reprodução/YouTube/Jair Bolsonaro

O Globo listou dez vezes em que Jair Bolsonaro criticou a Coronavac, a vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan com a farmacêutica chinesa Sinovac.

É importante relembrar o negacionismo oficial, depois que governo federal resolveu comprar toda a produção do imunizante, o único com disponibilidade imediata para aplicação.

Ontem, Eduardo Pazuello negou qualquer sabotagem à vacina chinesa de João Doria, disse que o imunizante foi financiado com recursos federais e que “vocês ouviram de que nós não vamos fazer, não estamos fazendo, estamos boicotando, tudo fake. tudo fake”.

A hipocrisia bolsonarista não conhece limites.

1 – “Se fala muito da vacina da Covid-19. Nós entramos naquele consórcio lá de Oxford. Pelo que tudo indica, vai dar certo e 100 milhões de unidades chegarão para nós. Não é daquele outro país não, tá ok, pessoal? É de Oxford aí”

2 – “E o que é mais importante nessa vacina, diferente daquela outra que um governador resolveu acertar com outro país, vem a tecnologia pra nós”

3 – “Não será comprada”

4 – “Já mandei cancelar, o presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade”

5 – “A da China nós não compraremos, é decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população. A China, lamentavelmente, já existe um descrédito muito grande por parte da população, até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido por lá”

6 – “Ninguém vai tomar a sua vacina na marra não, tá ok? Procura outro. E eu, que sou governo, o dinheiro não é meu, é do povo, não vai comprar a vacina também não, tá ok? Procura outro para pagar a tua vacina aí”

7 – “Morte, invalidez, anomalia. Esta é a vacina que o Dória queria obrigar a todos os paulistanos tomá-la. O Presidente disse que a vacina jamais poderia ser obrigatória. Mais uma que Jair Bolsonaro ganha”

8 – “A eficácia daquela vacina em São Paulo parece que está lá embaixo”

9 – “Essa de 50% é uma boa?”

10 – “Vou tomar tempo dessas pessoas para fazer uma ação contra esse cara de São Paulo que foi desmoralizado pela baixa taxa de sucesso na sua vacina, que ele tanto defendeu. Nunca vi um político defender tanto a vida. Geralmente os interesses são outros”

Leia mais: A causa desse desgoverno é política, como mostra a Crusoé desta semana.
Mais notícias
TOPO