Diante do avanço do Centrão, deputado pede fim do racha no PSL

Diante do avanço do Centrão, deputado pede fim do racha no PSL
Foto: Reprodução/Facebook/Luiz Lima

O deputado federal Luiz Lima, que ficou em quinto lugar na corrida pela Prefeitura do Rio de Janeiro, com 6,85% dos votos válidos, pediu que o PSL acabe com a divisão entre bolsonaristas e bivaristas.

Em carta enviada aos filiados do partido, ele sugeriu autocrítica, com o argumento de que “o que nos une é imensamente maior do que hoje nos separa”.

“Nosso partido se formou ao redor do presidente Bolsonaro. Graças a ele, formamos a maior bancada da Câmara dos Deputados. Ele nos ajudou e nós podemos também ajudar muito o governo.”

Lima acrescentou:

“Não podemos mais nos segregar entre ‘bivaristas’ ou ‘bolsonaristas’. Somos todos do PSL. Mandatários ou não, construímos juntos esse partido com o presidente Bolsonaro. Não nos dividimos entre ‘traidores’ ou ‘aliados’ do presidente. Juntos, formamos a base do governo, assim como outras centenas de parlamentares de outros partidos políticos.”

O PSL sabe que, rachado, acabou abrindo espaço para o Centrão colocar Bolsonaro no bolso — o PP de Ciro Nogueira, por exemplo, acredita que o presidente, hoje sem legenda, se filiará ao partido, o que, claro, preocupa os “bolsonaristas raiz”, como noticiamos.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
TOPO