Dilma atuou pessoalmente em obra da Andrade Gutierrez

Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, prometeu ao MPF entregar detalhes do pagamento de propina em obras da Copa de 2014. Dilma atuou pessoalmente em uma dessas obras: a reforma do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

A AG enfrentava dificuldades para financiar o projeto, tocado em parceria com o Banrisul e o Inter. O jornal Zero Hora registrou na ocasião um telefonema de Dilma para Azevedo, cobrando-lhe a execução da obra.

“É o meu clube, é o meu Estado. Não há hipótese nenhuma de a empresa sair que nem cachorro e deixar todo mundo de pincel na mão”, disse a petista. Para ‘motivar’ Azevedo, ela citou o Itaquerão, erguido pela Odebrecht. “Eu quero que o caso Odebrecht seja a inspiração de vocês. A brincadeira acaba aqui.”

Sim, Dilma, a brincadeira acabou.

Faça o primeiro comentário