​Dilma Bolada: “Eu já falei de todo mundo, inclusive do Lula”

Jefferson Monteiro, criador do perfil Dilma Bolada, tentou justificar sua atuação em prol do PT na CPI dos Crimes Cibernéticos hoje na Câmara.

Ele disse que o perfil é “independente” e que não “deve satisfação a ninguém”. Segundo Monteiro, o contrato com a Pepper – pelo qual recebia 20 000 reais mensais e é alvo de investigação da operação Acrônimo – foi um bônus pelo reconhecimento do seu trabalho.

“Com 18, 19 anos, tinha uma cabeça equivocada, formada pela mídia, como chamar mulher de vagabunda. Era assim que eu pensava. E é isso que é tradicionalmente ensinado pela mídia. Eu já falei de todo mundo, inclusive do Lula”.

É peculiar a noção de independência de Jefferson Monteiro.

A independência peculiar

Faça o primeiro comentário