Dilma e o produto do roubo

Depois de dizer que o PSDB deve entrar para o governo de Michel Temer, FHC defendeu Dilma Rousseff:

“A Dilma não é criminosa. O processo de impeachment é político. Com base jurídica, mas é político. Quando você perde a capacidade de agregar e de dar direção ao país, fica numa posição frágil. Infelizmente, o governo da presidente Dilma se desmilinguiu. Ela cometeu crime de responsabilidade fiscal e contra lei orçamentária, são ações concretas”.

FHC discorda de O Antagonista, claro. Ele discorda também do Estadão, que hoje publicou um editorial sobre o tema:

“A maior das fantasias de Dilma diz respeito à sua alegada probidade. A presidente que reivindica uma medalha por idoneidade é a mesma sob cujo nariz bandidos rapinaram os cofres do Estado como nunca antes na história deste país e que teve sua própria campanha eleitoral financiada com o produto desse roubo, segundo evidências levantadas pela Lava Jato; é a mesma que se elegeu e se reelegeu fazendo uso de mentiras descaradas a respeito de si mesma e dos adversários; e é a mesma que continua a mentir a respeito do desastre de seu governo, a respeito das intenções da oposição e a respeito dela própria, apresentando-se como heroína da democracia desde os tempos da ditadura – época em que, todos sabem, ela defendia outra ditadura no lugar daquela”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Pelo que ja vi do Paulo Rabello de Castro creio que é sim uma boa escolha para ministro da fazenda, seria uma boa opção para um ajuste nesta economia que só declina.

  2. Ler mais 31 comentários
    1. Pelo que ja vi do Paulo Rabello de Castro creio que é sim uma boa escolha para ministro da fazenda, seria uma boa opção para um ajuste nesta economia que só declina.

    2. Estranho esse oferecimento ostensivo, essa desenvoltura. Parece coisa arranjada, tipo certas moças que batem pontos em postos de combustíveis à beira das estradas. Algo não soa bem, não encaixa. O que menos o Brasil e o temer precisam é de oportunistas, vendedores de ilusão. Ainda que o distinto candidato a Ministro tenha todo mérito, conhecimento da causa e outros predicados, desde sempre sabemos que a economia do Brasil não é coisa para contemplar aventuras, vide exemplos da Zélia e dos Mantegas da vida. Ademais, humildade nunca fez mal a nenhum vivente.

    3. Paulo Rabelo de Castro é , sim , um economista que ve no mercado a saida para a crise. NAO Como os Petistas que so querem gastar e demonizam os empresarios. Defende estado minimo , corte do tamanho do Estado e facilidade na legislacao tributaria. 3 Pontos p comecarmos a desencalhar o Brasil. Vejam a entrevista que ele concedeu ao Roda Viva. Vale a pena.

    4. Sei que a coisa não está fácil para Temer, para compor o ministerio, especialmente o da Fazenda. Mas gente assim muito “oferecida” e com uma “mega confiança”, me deixa insegura!.. O último que precisamos neste momento é de algum lunático com idéias ululantes e mirabolantes de como resolver a economia. Não sei dizer que as propostas dele são boas ou ruins, não entendo do assunto, mas… a fala dele fez soar um pequeno “alarme” aqui…

    5. Paulo Rabello é” brilhante Criativo para além de ser somente um Chicago boy Foco na engenhosidade Foco na retomada Acredito no Dr . Paulo A melhor notícia po”s Dilma até agora Meu amigo desde criancinha pq o ouço há 20 anos !!! Obrigado Paulo Rabello de Castro

    6. o corte linear dele tem sentido, é cortar de 1 a 3 % por setores, variando de acordo com de um ou outro setor mais sensível, para estancar o déficits, não precisa ser politico para fazer esse tipo de contingenciamento. esse cara é fera.

    7. Uma das grandes vantagens de Temer é q ele próprio assume integralmente a questão política do governo, assim poderia contar c/uma equipe de Ministros apenas técnicos. Tá certo q não vai dar p/ser só de técnicos pq vai ter de acomodar políticos da base aliada nos ministérios de segunda classe, mas esses vão se submeter ao negociador maior q é Temer.

    8. Paulo Rabello de Castro está se posicionando como um homem de coragem, que aceita desafios em momentos críticos. Parece merecer um voto de confiança do cidadão. Se tiver de ser ministro, que tenha boa sorte e muito sucesso!

    9. as pessoas no mundo de hoje são gozadas, estranhas, sei lá….. quando um não aceita, reclamam, o outro que diz que aceita o desafio, reclamam também….. poxa, se o cara fala algo, reclama, se não fala, reclama novamente….. as pessoas tem que saber o que querem realmente….tudo que lê acham ruim….fica dificil….se o cara tem é tecnico, reclama, se o cara é politico, reclama….fica dificil. Se os entendidos dizem que o cara é bom, tem bons objetivos, sabe o que faz, qual o problema? e lembrando, tem a equipe também, não só ele para fazer o “meio campo” entre os politicos realmente.

    10. LA VEM A MARINA SILVA DA ECONOMIA!!!! MAIS UM IDEALISTA!!! SÓ DE SONHO NÀO VIVE O PAÍS…PRECISAMOS DE REFORMAS!!! E REFORMAS É UM POLITICO. SEMPRE FOI ASSIM NO BRASIL VIDE FHC!!!!

    11. Se vc quer um guerreiro…contrata o HE-MAN! Esses analfabetos metidos a nacionalista são muito comédia. MEU CHAPA! CADA UM NO SEU QUADRADO! Só um político que sabia negociar pode fazer as reformas nesse país…Sr. PAULO…o homem do corte LINEAR…vai só ser mais um LEVY. VAI DURAR 1 ANO e sem resultado.

    12. Mais um “Salvador da Patria”. La vem o heroi paladino com sua armadura brilhando, trazendo solucoes magicas para matar o dragao… Ja vimos isso com Collor e tantos outros falastroes… Como ouvi dizer… Um bom economista nao assumiria o ministerio da fazenda nessas condicoes. Mas se alguem dissesse… A situacao esta muito ruim… Vamos tentar minimizar os danos. Os remedios serao amargos, mas nao ha outra saida ou solucao magica. Nesse eu confiaria.

    13. O Brasil hoje precisa de guerreiros. Guerreiros que mostrem nas ruas que a bandeira do País não é vermelha; guerreiros que não tenham medo de colocar na cadeia os bandidos que estão no poder; guerreiros que aceitem a duríssima missão de dar uma guinada de 180° num Brasil que está indo em direção ao abismo. Se Paulo Rabello se apresentou como voluntário para tentar colocar ordem na Economia, deve ter o nosso apoio, e isso inclui os partidos políticos comprometidos com o Brasil.

    14. O BRASIL PRECISA D EUM POLÍTICO NA FAZENDA. Essa é a verdade…um técnico só atrapalharia agora vide LEVY. Jose SERRA, EUNICIO OLIVEIRA, ANASTASIA, ANA MELIA, JUCÁ OU CUNHA sã os melhores indicados. Precisamos de gente que faça acontecer no CONGRESSO. Transforme ideias em realidade. Para reformas tem que ser POLITICO e não técnico.

    15. * Enquanto isso, a mídia continua dando espaço para o bobalhão: “O ex-presidente FHC Bolsonaro ofendeu o país ao homenagear Ustra, afirma FHC ” E os caras que homenageiam assassinos tipo Marighella e Lamarca, como é que ficam? Tá na moda homenagear bandido terrorista? Que coisa mais hipócrita, dotô sociólogo THC !!! *

    16. Meu amigo…se vier com essa ideia de corte LINEAR!!!! Vou dizer…chamar o Levy é muito melhor!!! Pelo menos ele corta o excesso e depois de estudar a matéria. Usar um critério “burro” LINEAR é coisa de amador…aliais UM GRANDE AMADOR!