Dilma ficou sem palavras

A reunião de avaliação dos protestos no Palácio da Alvorada terminou há pouco. Dilma decidiu não fazer pronunciamentos com medo de virar alvo de novo panelaço. Pelo mesmo motivo, determinou também que nenhum de seus ministros faça declarações. O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, apenas emitiu uma nota tão genérica quanto óbvia. “O governo viu as manifestações dentro da normalidade democrática”.

A normalidade democrática pressupõe a abertura de um processo de impeachment contra Dilma.

Faça o primeiro comentário