Dilma foi avisada

Em 24 de novembro de 2009, Luiz Alberto dos Santos enviou uma email para Dilma Rousseff, então ministra da Casa Civil, e Erenice Guerra, sua assessora. Na mensagem, o servidor público chamava atenção para o fato de o presidente Lula e o ministro da Fazenda Guido Mantega discutirem medidas provisórias sem consultar os técnicos da Casa Civil.

De acordo com a Veja, o alerta foi dado logo após a publicação da MP que beneficiou as montadoras hoje investigadas pela Zelotes.

A revista publicou o conteúdo do email recebido por Dilma:

“A se manter a prática de o MF [Ministro da Fazenda] despachar diretamente com o PR [Presidente da República] e enviar para publicação decretos ou MPs com prazo nulo para exames, se tornará impossível exercer nossa função de examinar o mérito das matérias e fazer a discussão mínima sobre seus impactos e efeitos. Corremos, assim, grande risco de deixar passar algo que não foi adequadamente analisado.”

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200