Dilma furou a fila para conseguir aposentadoria

Dilma Rousseff pedalou para obter uma aposentadoria em menos de 24 horas.

Ela foi notificada do impeachment em 31 de agosto.

No dia seguinte, segundo a Época, o ex-ministro da Previdência, Carlos Gabas, foi à agência do INSS na Asa Sul e saiu de lá com uma renda mensal para a presidente cassada de 5.189,82 reais, o teto do regime previdenciário.

“No papel de pistolão, Gabas subiu um lance de escadas até uma sala reservada, longe do balcão de atendimento ao público, onde o esperava o chefe da agência, Iracemo da Costa Coelho. Com a anuência de outras autoridades do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o trio deu entrada no requerimento de aposentadoria da trabalhadora Dilma Vana Rousseff. Foi contabilizado um tempo de contribuição previdenciária de 40 anos, nove meses e dez dias”.

Faça o primeiro comentário