Dilma legitima o “golpe”

No Estadão, João Domingos argumenta que, com a ida à sessão do impeachment para fazer a própria defesa, Dilma Rousseff assina a legitimação do seu julgamento, diante de uma corte de 81 jurados, presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal.

Ela só pensa no filminho, João Domingos.

Faça o primeiro comentário