Dilma, Lindbergh e Pimentel: das urnas para a PF

Dilma Rousseff em quarto lugar, Lindbergh Farias em quarto lugar, Fernando Pimentel fora do segundo turno.

Se isso for verdade, eles perdem o foro privilegiado e, a partir desta segunda-feira, precisam pensar numa maneira de fugir da PF.

ACOMPANHE A APURAÇÃO EM TEMPO REAL

Há um projeto autoritário nesta eleição. E estão escondendo isso de você. Confira AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 108 comentários
    1. Solte fogos de artifício, amigo! Ela está FO-RA!!! Agora só falta o Moro pegar essa pelegada e varrer para o lixo da história.

    1. Graças a Deus, Tarcísio. Como eu sempre afirmo a todos q posso, essas “pesquisas” manipuladas e “a la carte” por corruptos são tão dignas de crédito qto uma nota de 3 reais.

  1. Não estou lendo nada a respeito desses “erros” grosseiros do ibofe e datafalha. Vamos aguardar, porque tudo indica que esses institutos estavam mesmo cooptados! Aguardando!!!

  2. Muito estranha estas pesquisas……….Sou de Minas Gerais e não conheci e nem conheço ninguém que falasse que iria votar em Pimentel e Dilma.Claro que sempre um desinformado,mas no topo?

  3. Só esta notícia é as demais, serão lembradas na história de nosso país. Tudo foi possível por causa do WhatsApp e smartphone. A tecnologia ligou os neurônios sociais. Em tempo quase real.

  4. Agora que acabou o foro privilegiado destes corruptos a cadeia os espera! Temos alguns no STF que soltam os corruptos mas o povo não aceita mais isto pois lugar de ladrão é na cadeia!

  5. Bem, ministros do stf (STF) o recado está dado! Viu. lewa!Viu gilmar Os mineiros fizeram a justiça que você se negou fazer.O POVO não está satisfeito! LUGAR DE CORRUPTO É NA CADEIA!

  6. E tem uma coisa muito importante que o projeto dilma senadora encerrava, era puxar o foro privilegiado dela para o lula nas outras denúncias. Perderam playboys!!! Sem foro é Moro!

  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk