Dilma, Lula e Temer podem ser investigados

A Folha informa que Teori Zavascki autorizou que as referências de Delcídio do Amaral a Lula, Dilma e Michel Temer sejam incluídas no inquérito da Lava Jato que investiga o envolvimento de 39 políticos com o petrolão.

A decisão foi tomada após pedido de Rodrigo Janot.

43 comentários

  1. Total apoio a Armínio também, poderia fechar com ele + Marcos Lisboa + Mansueto Almeida, assim seriam três pessoas com competência técnica e coerência para fazer o que deve ser feito.

  2. O Brasil “vai mudar” desde Don Pedro! O país precisa de uma revolta da classe media contra o papo furado de esquerda, e centro-esquerda! Precisamos de estado mínimo!

  3. O governo interino ainda nem assumiu e alguns palpiteiros já se oferecem para o sacrifício. Sonham com ministros salvadores, competentíssimos, eminentemente técnicos, apolíticos, agindo com carta branca e sem sabatina. Fecham até questão quanto ao gosto do remédio. O amargo é unanimidade. Assim dá até vontade de ser ministro. Brasileiro é tão bonzinho…

  4. Essa , Mila deve ser uma imbecil ,que foi envolvida nas mentiras de Dilma. Alguém que fala tal asneiras, com certeza não conhece a capacidade de ARMÍNIO FRAGA.

  5. Normalmente, remédio tem gosto amargo, porém, é remédio e sem ele, no mínimo, o paciente pode sequer ter uma chance de vida. Sou totalmente a favor do nome de A.F.

  6. Medidas duras tem que ser conhecidas antes da posse e de qq divulgação de programa, para evitar desgaste. São medidas técnicas. Devem ser ditas por técnicos, nao por políticos. Sem vinculação partidária. Não há outra saída. Não esconda do povo. Esconder é colocar combustível na revolta popular , de vermelhos e verde amarelo. Político q esconder medidas duras e difíceis não vai se manter no poder!

  7. Armínio é um excelente profissional, mas já assumiria “queimado” por ter sido presidente do BC de FHC e ministeriável de Aécio. Seria facimente bombardeado pela oposição e até por fogo amigo. Para quem busca conciliação, melhor um nome ligado a algum instituto como o Marco Lisboa.

  8. Serra no planejamento não vai dar certo. Quem leu o livro de memórias do FHC e/ ou se lembra de época, sabe que ele entrou em vários atritos com a Fazenda (malan) e com o BC, principalmente com o Gustavo Franco.

  9. Alguém deveria começar a dizer o que precisa ser feito , independente de partido, para arrumar a casa. Se o PMDB for astuto, e acho que é, vai começar a patrocinar quem entende (técnicos, não politicos) para entrevistas na tv aberta e tornar de conhecimento público o q qq partido tem q fazer. Não enganem o povo! Não mintam nem omitam, se querem apoio popular! Caso contrário, não se segurarão no poder nem em 2018.

  10. “A Vale (antiga Vale do Rio Doce) foi “privatizada” durante o governo de FHC por uma ínfima parte do valor de mercado. Quando valia por volta de R$ 300 bilhões, foi “vendida” por R$ 3 bilhões. Os compradores ainda se beneficiaram com R$ 600 milhões de estorno de impostos. O grosso dos restantes R$ 2,4 bilhões foi pago com os títulos da dívida pública ultrapodres que resultaram do chamado Plano Brady.” Será que o Armínio tem algo a ver com os bônus Brady??? Leiam http://www.ihu.unisinos.br/noticias/517281-divida-publica-consome-metade-do-orcamento

  11. Esse tipo de exigência lembra aquela do Tancredo: diga a eles que Voce foi convidado e declinou. Um Presidente da República aceitar um Ministro da Fazenda com esse tipo de exigência, é feito renunciar antecipadamente ao governo e entregar o poder ao novo Mazarino.. Pode ser que o Temer tope. Pode ser também que dê certo. Tomara, ou voltaremos à situação da qual achamos que estamos saindo. Mas essa imposição ao futuro Presidente não parece estratégia de uma pessoa inteligente que queira ser Ministro da Fazenda.

  12. Esse negócio de colocar monetarista numa pasta e desenvolvimentista na outra não funciona. Vide o caso Delfim x Simonsen no governo Geisel, Palloci/Meirelles x Dilma/Mantega e Levy x Barbosa no ano passado. Sempre que os desenvolvimentistas ganham na quebra de braço, o Brasil perde.

  13. Se a Dilma falar a verdade sobre as contas públicas ela não terá nem o voto dos petistas do senado. Você acha que ela mentiu lá atrás quando as coisas não estavam tão descontroladas mas agora que a “coisa” está no brejo com a corda no pescoço ela fala a verdade!!!

  14. Fechando o cerco para passarem as medidas que irão nos tirar desse buraco. Isso é acreditar num trabalho sério, doa a quem doer. Cirúrgico. Pensar no Armínio Fraga na Fazenda é como poder ir ao melhor cirurgião numa cirurgia de cérebro. Com outro governo na direção, alguém vai querer dar palpite sobre o que ele faz? Que apareça o primeiro…

  15. Está certíssimo. Estes cargos têm de ser técnicos, não podem ser políticos. Se não for assim, vai ser difícil consertar esta economia em frangalhos.

  16. Entreguem a economia para o PSDB consertar… e divida o resto dos ministérios entre os partidos para ter base para apoiar as reformas.

  17. A verdade é que vão aparecer muitas medidas dolorosas para todos nós,porém inevitáveis para que se recupere a economia do país e o desenvolvimento. Isso ,qualquer um que use o cérebro sabe que será necessário, apenas todo o sacrifício terá que ser gerenciando por alguém com meritocracia e com um governo com credibilidade. Nao temos outra saída. O que nao podemos aceitar é que esse grande sacrifício que vamos ter que fazer para melhorar o país caia nas mãos de governante incompetente e inconseqüente .

  18. ARMÍNIO FRAGA ? NÃO!!! DONO DA ENERGISA -EXPLORA AS PESSOAS QUANTO A MUDANÇA DESNECESSÁRIA DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA –POSTE E DEMAIS EQUIPAMENTOS CAIXAS –DE DETERMINADA MARCAS —SÓ O POSTE CUSTA 500 REAIS —ELE CHAMA ISSO DE NOVO PADRÃO-PRA AJUDAR EMPRESÁRIOS AMIGOS —

  19. Há outra exigência que o Arminio terá colocado: A de não ter de apresentar antecipadamente, e em publico, as medidas de ajuste fiscal (dolorosas) que irá tomar. Só depois de o governo Temer ter tomado posse, e estar em funções, é que o povo brasileiro virá a conhecer as tais “medidas”- Vai haver muita gente a chiar, ai isso vai… _

  20. Super apoiado! Esses ministros DEVEM trabalhar em conjunto e, quanto maior for o consenso entre eles, melhor para o país.

  21. Faz todo sentindo. N”ao tem como ser ministro da fazenda e bater cabeça com o da Previdência ou com BC. Tem que ser ministro com força e apresentar resultados rápidos com Congresso, antes que o Congresso pensem só nos seus currais eleitorais. Tarefa árdua ser ministro da Fazenda nas piores condições possíveis.

  22. As ideias de Armínio Fraga são públicas. É o nome que seria de Aecio Neves e que teve 51 milhões de votos. Portanto, é um bom nome. Tem experiência. Só temo que tente medidas duras demais…principalmente na Previdência(necessárias, mas que colocam a Cut em polvorosa). Alguma coisa precisa ser feita e logo na Previdência. Um outro bom nome que poderia trabalhar com Arminio seria Gustavo Franco, praticamente da mesma linha.

  23. A idéia é boa, mas desde já fica o aviso: se mexer na aposentadoria já miserável dos velhinhos Temer não dura seis meses…

  24. A Anta Coração Covarde está falando, mimimi, mimimi, mimimi. É golpe, não tem nadica contramim. Sou honesta… Já sei tudo o que vai falar… 54 milhões de votos, mimimi

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.